Porque é um erro nos projetarmos no outro

Tempo de leitura: 1 minuto

Quando você está focada(o) em você, no seu autoconhecimento, no seu desenvolvimento, no seu sonho, você não tem muito tempo pra olhar para o lado e se lamentar: “puxa, como eu queria estar como fulana(o)!”.

Lembre-se sempre de que o que vemos do outro é sempre uma ínfima parte da totalidade dele e que todos nós mostramos apenas o que temos de belo (ou o que queremos florear).

E nunca, nunca mesmo, se compare. Todos somos únicos apesar de termos as mesmas aflições. Todos temos experiências diferentes e queremos coisas diferentes, apesar de todos querermos experienciar o que nos gere bons sentimentos. O que quer dizer que todos somos peixes diferentes imersos num mesmo oceano.

E, cada um de nós está em um local diverso do nosso caminho que vamos criando com nossos passos, então, ninguém está à frente ou atrás de você: todos estamos em diferentes posições no mesmo Universo (“dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço”, lembra?).

Então se você vê alguém em algum lugar que parece legal, observe o que puder aprender com esse guia, mas nunca compare o palco desse alguém com os seus bastidores.

Osho diz que quanto mais nos expomos mais nos encontramos, pois assim conseguimos nos certificar do que é realmente nosso e do que é peso agregado, e eu concordo com o mestre.

Não tenha medo de se expor, não tema o outro. Em essência, ele é como você e, se perde tempo te criticando, merece despertar para o próprio foco através do seu exemplo.

No fim de tudo, só tem a ver com você, sempre só teve, sempre só terá.

FOCA em você que tudo começa a acontecer!

Namastê!

PS: Gratidão querida coachee por nossa troca tão rica de hoje.

‪#‎foco‬ ‪#‎cocriaçao‬ ‪#‎manifestação‬ ‪#‎realização‬ ‪#‎sucesso‬

Publicado em 2 de abril no Facebook.

CONHEÇA O LIFESTYLE DESIGN COACHING E SAIBA O QUE ESSE PROCESSO PODE FAZER POR VOCÊ!

 

Deixe uma resposta