Creme para “prevenção” de assaduras: um produto a menos

Creme para “prevenção” de assaduras: um produto a menos

5 minutos Quando você usa em seu bebê pomada para prevenir assaduras, porque incutiram em sua mente, desde sempre, que se trata de um produto essencial na sua nova vida de cuidados com seu bebê, você tende a acreditar que, caso não use o tal produto, seu bebê fatalmente terá assaduras, ou, como repete o senso comum, que “é melhor prevenir do que remediar”. Certo? Bom, no artigo Bebê Livre de Consumismo, refleti acerca da real necessidade de um bebê. O que seria realmente Continue lendo

MENOS coisas para MAIS infância

MENOS coisas para MAIS infância

7 minutos ou Porque devemos parar de encher nossos filhos de coisas  Quando viajamos com os filhos, levamos uma parcela muito pequena daquilo tudo que a gente tem em casa. Algumas peças de roupa, alguns pares de sapatos, produtos de higiene pessoal, alguns brinquedos, enfim, o necessário para passarmos o tempo da viagem e o que couber na mala ou no porta-malas. E, embora as crianças tenham muitas coisas, na viagem não faz falta, não é mesmo? Então, por que insistimos em ter tantas coisas Continue lendo

O que você consome é realmente sustentável?

O que você consome é realmente sustentável?

menos de 1 minuto Há cinco anos, eu entrevistei Newton Figueiredo para a revista Gestão de Riscos. Newton é engenheiro naval e Presidente do Grupo SustentaX, que atua nos setores de Engenharia de Sustentabilidade, Gestão Energética Integrada, Descarbonização e Neutralização de Gases de Efeito Estufa – GEE entre outras, além de fornecer o selo SustentaX a produtos testados e aprovados em sua sustentabilidade. Na entrevista, ele falou das atitudes desprezíveis das empresas que tentam “empurrar” um produto ruim ao enaltecerem suas embalagens recicláveis ou recicladas, além de outros assuntos ligados ao tema Continue lendo

O que há por trás das birras consumistas

O que há por trás das birras consumistas

9 minutos Da mesma forma que quem não abandona o consumismo não consegue dar uma infância livre aos filhos, quem não se olha, não consegue olhar os filhos. Você já parou pra se perguntar por que as crianças pequenas fazem tanta birra quando ouvem um “não” como resposta, ainda mais quando se trata de consumir algo? Seria só uma expressão de revolta pela frustração? Ou um teste para saber até onde podem ir? Poderia ser outro o motivo das manhas homéricas? Foi refletindo a partir de Continue lendo

Como dissémos “não” ao consumismo infantil

Como dissémos “não” ao consumismo infantil

7 minutos Para incrementar o último artigo, Como dizer “não” para o consumismo dos filhos, gostaria de compartilhar como foi o início da nossa experiência de dizer “não” ao excesso de consumo e “sim” à vida realmente rica. Segue adiante: Vejo a enorme diferença no quesito “consumismo” do meu primeiro filho para a segunda. Com ele eu ainda consumia muito e não conseguia dizer “não” para todos os pedidos, nem para todos os “maus presentes”, mesmo sabendo que ele não precisava de mais um Continue lendo

Como dizer “não” para o consumismo dos filhos

Como dizer “não” para o consumismo dos filhos

6 minutos O mercado apela para nossas carências ocultas e o consumismo se configura para satisfazê-las. Se ele não existisse, não saberíamos que haveria um problema. O desequilíbrio exterior vem sempre de um desequilíbrio interior. Se acreditamos que precisamos de tantas coisas é porque falta que nos apoderemos de nós mesmos. O consumismo tanto adulto quanto infantil revela uma falta de conexão consigo. A vontade excessiva de TER significa sempre uma falta de SER. Continuando os artigos Bebê Livre de Consumismo e Menos Telas Para Mais Continue lendo