35 coisas que aprendi em (quase) 35 anos

Autoconhecimento, Desenvolvimento Pessoal
Como meu 5° setênio de vida está chegando ao fim, e tenho muito a comemorar, afinal, já encontrei muito do meu tesouro, resolvi fazer uma lista como forma de agradecimento:
O 5° SETÊNIO
“O alto nível de ansiedade já se inicia logo que a pessoa entra nesse setênio, quando ela percebe um declínio ou esgotamento das capacidades inatas e a exigência do trabalho, onde a paciência e a perseverança tem um papel primordial. Isto quer dizer que tudo depende do trabalho próprio. A pessoa, então, se lança inteiramente na vida mergulha com tudo que tem, expõe-se amplamente, para chegar a ser verdadeira. Por isso, na fase final desse setênio, é comum observar as crises conjugais, a dificuldade de entender o casamento, as já citadas dificuldades afetivas e o sentimento de que os caminhos poderiam ser outros. É o encontro consigo mesmo e o início da desconfiança de que todos os planejamentos elaborados no início dos trinta anos estavam mais orientados pela cabeça do que pelo coração. Vem essa necessidade imperiosa de ser autêntico, ser o “si mesmo”!”

Fonte: www.antroposofy.com.br

1. Nunca deixe de fazer o que você morre vontade mas tem vergonha. Mesmo que saia mal feito por conta do nervosismo e/ou inexperiência, quando você olhar pra trás, vai se sentir muito feliz por ter tido coragem;

2. Não seja perfeccionista, ou fará menos do que pode. Seja você e busque fazer o seu melhor;

3. Esteja você onde estiver e em que situação estiver, se você for humilde e demonstrar boa vontade, nunca passará necessidade e pessoas boas te auxiliarão;

4. A televisão, o feed, e qualquer mecanismo de abdução via telas, consomem muito mais tempo e são muito mais insalubres do que você imagina. Experimente ficar um tempo sem e estenda o jejum aos filhos, ou limite vossa hiper-conectividade;

5. Esteja fora dos lugares fechados tanto quanto puder, principalmente dos artificialmente climatizados (inclusive carros). Você é um ser vivo, precisa de ar puro e luz natural;

6. Cuide bem do seu corpo, ele é sua única verdadeira casa nesta jornada e não dá pra comprar outro;

7. Você pode fazer novos amigos em qualquer idade, lugar e situação. Tenha amigos de todas as idades e posições sociais. Aprenda muito com todos

8. Em algumas situações difíceis, mais vale um profissional especializado ou um estranho bem intencionado do que um velho amigo ou parente julgador/ocupado/desinteressado;

9. Dê o devido valor e atenção à sua família e amigos. Eles são seu real porto seguro;

10. Para coisas importantes, não mande qualquer tipo de mensagem: telefone. Aliás, nunca mande mensagens ou faça uma ligação quando estiver com raiva. Escreva, grave ou desabafe com alguém se precisar, mas deixe para enviar (ou não) no dia seguinte;

11. Cuide da sua cama, mesa e banho com amor: compre a melhor roupa de cama, sabonete e alimentos que puder e cozinhe com amor;

12. Comer, dormir e movimentar-se bem são as únicas coisas que precisamos para termos a saúde necessária para irmos ao encontro dos nossos sonhos. Por isso, coma o mínimo de alimentos industrializados possível, amamente (mãe) o máximo que puder, priorize o seu sono e mexa o corpo sempre que puder (nem que seja usando as escadas);

13. Cuidar de plantas (ou de animais) te reconecta com a Existência, é um bem inestimável;

14. Prefira sempre ter poucas coisas, úteis e de boa qualidade, principalmente dentro de casa ou do trabalho: espaço livre, mãos livres, tempo livre, mente livre;

15. Ouça música de qualidade OU prefira o silêncio OU cante com o coração;

16. Assim que acordar agradeça por estar vivo e por todas as coisas boas na sua vida. Antes de adormecer reflita sobre o que aprendeu, a quem ajudou, e no que pode melhorar amanhã, conforme exemplificou Santo Agostinho. Essa disciplina transforma radicalmente;

17. Tudo o que você faz esperando retorno, não é amor. Se você precisa de um relacionamento amoroso, você vai encontrar um relacionamento de dependência, não de amor. O ideal é somente estar com alguém quando você não precisar disso, mas sim quiser;

18. Garanta o essencial pra você, antes de tentar ajudar ao próximo e nunca prometa o que não poderá cumprir. Só assim avançamos e podemos ajudar a avançarem também;

19. Uma das melhores coisas de se tornar maduro é libertar-se da opinião dos pais (ou de quem quer que seja) e uma das melhores coisas de nunca deixar de ser criança, é viver em celebração;

20. Ninguém sabe melhor do que você, do que é melhor pra você, mesmo que você ainda não tenha descoberto o que é. Pergunte-se, responda-se, observe-se, peça à alguém para te escutar

21. Exponha-se, é a melhor maneira de você se descobrir, mas não condene a ninguém. Pessoas irão te julgar por você refletir algo que elas não querem ver nelas mesmas;

22. Nunca fuja do que faz o seu coração vibrar. Só quem está feliz pode fazer feliz;

23. Melhor queimar a boca com o café quente, do que só ter a opção do frio;

24. As pessoas se buscam mutuamente, como professoras umas das outras (não como as metades da laranja), mesmo que não tenham consciência disso. É um movimento natural para cumprirmos o nosso propósito maior: nos tornarmos conscientes;

25. Relaxar é um direito. Ficar sem fazer nada de vez em quando não é pecado;

26. Descubra seus valores, deixe eles à vista e revise e substitua com a frequência necessária. Lembre-se deles nas tomadas de decisão;

27. Siga sempre a sua intuição, mesmo que todos digam o contrário: ela é sempre mais sábia que a razão;

28. Aquilo que você mais teme ou ataca (mesmo que silenciosamente), geralmente é aquilo que você mais deseja;

29. Saiba quais são suas crenças limitadoras. Você vai andar mais leve, autêntico e confiante depois disso;

30. Amor e liberdade estão sempre juntos, se falta liberdade, falta amor, e vice-versa;

31. Se pessoas te supervalorizam, não quer dizer que você seja superior, se você supervaloriza alguém, não quer dizer que essa pessoa seja superior. Idolatria tem a ver com o ego, não com a verdade;

32. Esforce-se para eliminar pensamentos e relacionamentos tóxicos. “Se há paz, há prosperidade” (Sri Sri Ravi Shankar);

33. Não passe roupas, limpe o necessário, arrume quando precisar. A prioridade é a lição, não o material para aprende-la;

34. Na dúvida e na dor, respire apenas e tome muita água. Vai passar, você sabe;

35. A lei do retorno é real. Escolha o amor, sempre.

Namastê!

IMG_20170204_102925

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

Nome*
E-mail*
Website*
Comment

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>