Só o que importa é o amor que a gente dá

Só o que importa é o amor que a gente dá

3 minutos Com três filhos, sem pais presentes, com a família morando longe, muitas vezes me questiono:e se eu faltar? Não nego que esse seja o meu maior medo. Haveria tempo para eu gravar-lhes alguns vídeos, escrever-lhes algumas cartas, despreocupar-me de tudo e estar inteiramente com eles dias a fio até que toda a minha culpa se esvaia e o meu amor por eles transborde até penetrar-lhes o ser para sempre, banhando-lhes todos os corpos para que permaneça com eles, fortalecendo-os tanto quanto precisem, Continue lendo

Por que queremos a atenção dos outros?

Por que queremos a atenção dos outros?

1 minuto Lembre-se, atenção é uma necessidade psicológica. Isso precisa ser entendido. Por que as pessoas precisam de tanta atenção? Por que, em primeiro lugar, todos querem que os outros prestem atenção neles? Por que todos querem ser especiais? Alguma coisa está faltando dentro deles. Você não sabe quem você é. Você conhece a si próprio apenas através do reconhecimento de outros. Você não tem nenhum acesso direto a si mesmo. Você vai pelos outros. Se alguém diz que você é bom, você se Continue lendo

A necessidade de aprovação e reconhecimento – Osho

A necessidade de aprovação e reconhecimento – Osho

15 minutos Querido Osho,        Por que sinto necessidade de obter aprovação e de ser reconhecido, especialmente em meu trabalho? Isso me coloca numa armadilha – eu não consigo fazer as coisas sem isso. Eu sei que estou nessa armadilha, mas eu fui pego nela e não vejo como sair.       Você poderia me ajudar a encontrar a porta? “A questão é do Kendra. É preciso lembrar que a necessidade de obter aprovação e de ser reconhecido é uma questão que diz Continue lendo

Agradeça ao ver a sombra

Agradeça ao ver a sombra

1 minuto Quando você descobrir uma face sua que não é amor e perceber nas suas atitudes aquela sombra se revelar, não se martirize. Certas reações e “modus vivendi” levam um certo tempo para serem transformados, por estarmos há muito tempo atuando de modo vicioso e inconsciente, no famoso “automático”. Então, ao descobrir uma faceta sua desprovida de amor e assumi-la corajosamente pra si mesmo, tenha paciência consigo para, aos poucos, agir com amor nos momentos em que ela se revelar. No início, talvez, Continue lendo

Crítica construtiva não existe

Crítica construtiva não existe

4 minutos Artigo de Tony Schwartz traduzido por Miguel Nisembaum do Blog Harvard Business Review Aí vai aquela pergunta que é garantia de frio na barriga – “ Você se importa se eu te der feedback?” O que isso quer dizer na verdade é – “Você se importa se eu te der um feedback negativo, disfarçado na forma de crítica construtiva, queira você ou não?”. O problema com o criticismo é que desafia nosso senso de valor. Criticismo implica juízo de valor e todos Continue lendo

Você come mais emoções que as sente e nem se deu conta disso

Você come mais emoções que as sente e nem se deu conta disso

5 minutos Nós já estamos na era em que as emoções mediatizadas suplantam as emoções reais. É o que constato eu, aqui, na megalópole. Pelo menos quanto ao tempo linear, passamos  mais tempo vivenciando emoções através da mídia que através de experiências nossas, presenciais. A cada dia que passa, vejo o quanto já estamos vivenciando o way of life do filme Wall-E (Disney/Pixar 2008). No filme, após entulhar a Terra de lixo e poluir a atmosfera com gases tóxicos, a humanidade deixou o planeta Continue lendo